tradutor

15 de fev de 2011

Twisted Sister



Twisted Sister é uma banda de hard rock dos Estados Unidos, formada em 1972 na cidade de Nova York. Adotou um estilo glam rock, em que a aparência e a apresentação ao vivo era tão importante quanto a música. O visual andrógeno com direito a batom, pó-de-arroz, sombra, rouge e roupas espalhafatosas eram uma das marcas registradas dos integrantes.

Integrantes

Dee Snider - vocal
Mark Animal Mendoza - baixo
AJ Pero - bateria
Eddie Ojeda - guitarra
Jay Jay French - guitarra




Eu Quero Rock
Eu quero rock (ROCK!)
Eu quero rock (ROCK!)
Eu quero rock (ROCK!)
Eu quero rock (ROCK!)

Abaixe isso, você diz
Bem, tudo o que eu tenho a dizer para você
De novo e de novo eu digo não (Não!)
Não, não, não, não, não

Diz a mim para não tocar
Bem, tudo o que eu tenho a dizer
Quando você me diz para não tocar
Eu digo não (Não!) não, não, não, não, não

Então se você me perguntar porque eu gosto da maneira que eu toco
Só tem uma coisa que eu posso dizer a você

Eu quero rock (ROCK!)
Eu quero rock (ROCK!)
Eu quero rock (ROCK!)
Eu quero rock (ROCK!)

Há sentimento que
Eu não tiro de nenhuma outra coisa
E não há nada no mundo
Que me faz ir (IR!) ir, ir, ir, ir, ir

Aumente o volume
Eu esperei por tanto tempo
Para ouvir a minha música favorita
Então vamos (vamos!) vamos, vamos, vamos, vamos, vamos

Quando não é isso eu sinto a música atirando através de mim
Não há nada mais que eu gostaria de fazer

Eu quero rock (ROCK!)
Eu quero rock (ROCK!)
Eu preciso de rock (ROCK!)
Eu quero rock (ROCK!)

Eu quero rock (ROCK!)
(ROCK!) rock
(ROCK!) rock

Eu quero rock (ROCK!)
(ROCK!) rock
(ROCK!) rock

Eu preciso de rock (ROCK!)
(ROCK!) rock
(ROCK!) rock

Eu quero rock (ROCK!)
(ROCK!) rock
(ROCK!) rock

Eu quero rock (ROCK!)

Eu quero rock (ROCK!)
Eu quero rock (ROCK!)
Eu preciso de rock (ROCK!)
Eu quero rock (ROCK!)

Eu quero rock (ROCK!)
(ROCK!) rock
(ROCK!) rock

Eu quero rock (ROCK!)
(ROCK!) rock
(ROCK!) rock

Eu preciso de rock (ROCK!)
(ROCK!) rock
(ROCK!) rock

Eu quero rock (ROCK!)
(ROCK!) rock
(ROCK!) rock

Eu quero rock (ROCK!)

Black Sabbath



Black Sabbath é uma banda de heavy metal formada no ano de 1968 em Birmingham, Reino Unido. Sua formação original é composta por Ozzy Osbourne (vocais), Tony Iommi (guitarra), Geezer Butler (baixo) e Bill Ward (bateria). Posteriormente, houve numerosas mudanças na banda, e Iommi era o único componente fixo. Embora às vezes, sejam classificados como uma banda de hard rock (Butler define o estilo uma vez blues pesado e distorcido), Black Sabbath é considerado o pioneiro e também um dos primeiros grupos a tocar o estilo heavy metal ao lado de Led Zeppelin, UFO e Deep Purple e também contribuíram muito para o desenvolvimento deste tipo de gênero. Desde da sua formação, foram vendidos mais de cem milhões de cópias dos álbuns.

Formação atual
Ozzy Osbourne - vocal (1969–1979, 1997-presente)
Tony Iommi - guitarra (1969-presente)
Geezer Butler - baixo (1969–1984, 1990–1994, 1997-presente)
Bill Ward - bateria (1969–1980, 1983, 1984, 1994, 1997–98, 1999-presente)




Homem de Ferro

Eu sou o Homem de Ferro!

Ele enlouqueceu?
Ele pode ver ou ele é cego?
Ele pode andar direito,
Ou se ele se mover ele cairá?
Ele está vivo ou morto?
Tem pensamentos em sua cabeça?
Apenas larguem ele ali,
Por que deveriamos nos importar?

Ele foi transformado em aço
No poderoso campo magnético
Quando ele viajou no tempo
Pelo futuro da humanidade

Ninguém o queria
Ele só comtemplava o mundo
Planejando sua vingança
Que em breve se realizaria

Agora é a hora
Para o Homem de Ferro espalhar o medo
Vingança vinda do túmulo
Matando as pessoas que um dia salvou

Ninguém o queria
Eles só viravam as cabeças
Ninguém o ajudava
Agora ele tem sua vingança

Botas pesadas de chumbo
Enche suas vítimas de terror
Correndo o mais rápido que elas podem
O Homem de Ferro vive novamente!

Deep Purple



Deep Purple é uma banda de rock inglesa formada em Hertford, Hertfordshire, em 1968.Juntamente com Black Sabbath e Led Zeppelin é considerada uma das pioneiras do heavy metal e do hard rock moderno, embora alguns de seus membros tenham tentado não se categorizar como apenas um destes gêneros. A banda também incorporou elementos de música clássica, blues-rock, pop e rock progressivo. Foram listados pelo Livro Guiness dos Recordes "como a banda mais alta do mundo", e venderam mais de 100 milhões de álbuns ao redor do mundo.
A banda passou por diversas mudanças de formação, além de um hiato de oito anos (1976-84). As formações do período 1968-76 foram comumente chamadas de Mark I, II, III e IV. Sua segunda formação, a mais bem-sucedida comercialmente, contou com Ian Gillan (vocal), Ritchie Blackmore (guitarra), Jon Lord (teclado), Roger Glover (baixo) e Ian Paice (bateria). Esta formação esteve em atividade de 1969 a 1973, e foi reunida de 1984 a 1989 e, brevemente, em 1993, antes que as rixas entre Blackmore e os outros membros da banda se tornassem intransponíveis. A formação atual inclui o guitarrista Steve Morse; com o afastamento de Lord, em 2002, conta apenas com Paice como membro original.
A marca da banda sempre foi a mistura de guitarra e teclado, com riffs simples e fortes e solos vigorosos. Sua canção mais conhecida é Smoke on the Water, gravada em 1972.





Perfeitos Estranhos

Você consegue se lembrar, lembrar meu nome?
Enquanto eu fluo atravéz de sua vida
Por mil oceanos eu voei, oh
E frios, frios Espíritos de gelo
Toda a minha vida
Eu sou o eco de seu passado

Estou devolvendo o eco de um ponto no tempo
Rostos distantes brilham
Mil guerreiros que eu conheci, oh
E rindo enquanto os espíritos aparecem
Toda sua vida
Sombras de outro dia

E se você me ouvir falando ao vento
Você tem que entender
Nós devemos permanecer
Perfeitos estranhos

Eu sei, eu devo permanecer dentro deste silencioso
poço de sofrimento

Uma trança de prata pendurada pelo
céu
Tocando mais do que você vê
A voz do tempo em sua mente, oh
Está sofrendo com os mortos da noite
Preciosa vida (Suas lágrimas estão perdidas na chuva
que cai)

E se você me ouvir falando ao vento
Você tem que entender
Nós devemos permanecer
Perfeitos estranhos

Kataklysm



Kataklysm é uma banda canadense de death metal. Chamam seu estilo musical de "northern hyperblast" após um anúncio na revista M.E.A.T. descrevendo uma outra banda, o Fear Factory, como "hyperblast". O termo refere-se à explosão extremamente rápida de batidas, que o baterista Max Duhamel mistura com a música.
Kataklysm é conhecido por incorporar Samples de filmes em suas músicas




Taking the World by Storm

Corrupção ( corrupção )
Uma maçã envenenada
Está alimentando a sua perda
Enfraquece ( Enfraquece )
Realidade é a grande maldição

Bem vindo á isso
Assegurando irá
Eu tentei tão duro
Através do impossivel
Cerrando meus punhos
Essa luta nunca irá terminar
Nação erguida
Tomando o mundo pela tempestade

Superar a dor
Sueprar, Sueprar
Tire o medo
quebre ele, quebre ele
Matar a voz de dentro
Matar a luz, matar a luz

Destruição ( destruição )
Palavras de sabedoria jogadas sobre
Arrependimentos ( arrependimentos )
O dia que você alcançar o sol

Bem vindo á isso
Assegurando irá
Eu tentei tão duro
Através do impossivel
Cerrando meus punhos
Essa luta nunca irá terminar
Nação erguida
Tomando o mundo pela tempestade

Superar a dor
Sueprar, Sueprar
Tire o medo
quebre ele, quebre ele
Matar a voz de dentro
Matar a luz, matar a luz

Solo

Percorra os campos da guerra
Encare os espinhos
Eu dou a minha vida, espirito a parte
Eu vou conquistar essa vida
Eu vou conquistar essa vida
Eu vou conquistar essa vida
Eu vou conquistar essa vida

Sarcófago



Sarcófago foi uma das primeiras bandas de metal extremo a surgir no Brasil, no estado de Minas Gerais criada em 1985.
Primeiramente, não rotulavam-se a nenhum estilo de música em si, mas caracterizavam-se com fortes tendências anticlericais em suas letras e uma atmosfera musical pesada. Suas primeiras aparições datam da primeira metade da década de 80, junto com outras bandas mineiras de metal, como Chakal, Holocausto, Sextrash, já apresentavam-se nas cidades da região.
A formação mais famosa e clássica contava com Antichrist nos vocais, Butcher na guitarra, Incubus no baixo e D.D. Crazy na bateria. O baterista Leprous fez parte da gravação da coletânea Warfare Noise lançado pela Cogumelo Records em 1986. A gravação do Sarcófago traz em sua primeira demo-tape elementos que vinculariam a banda futuramente ao patamar de clássicos no estilo. Sua sonoridade era inovadora para a época com guitarras pesadas, sujas e rápidas assim como um estilo de tocar a bateria, conhecido como blast beat, pouco usado na época. Bandas como o Nuclear Death, Napalm Death e Fear of God já usavam a técnica de forma agressiva. O visual também fazia parte do contexto, brutal e chocante, como demonstram as fotos de seu primeiro álbum em estúdio, feitas em um cemitério, usando enormes braceletes de pregos, cintos de bala de fuzil e a pintura facial conhecida algum tempo depois como corpse paint. Mais tarde, após a divulgação underground de seu primeiro álbum Inri de 1987 e a consolidação no exterior, o Sarcófago ficou sendo reconhecido como uma banda de black metal e death metal.
O vocalista e guitarrista "Antichrist", o pseudônimo de Wagner Lamounier, fez parte da primeira formação da banda Sepultura e escreveu em parceria com Max Cavalera a música Antichrist que foi inserido no EP Bestial Devastation. Hoje em dia, Wagner Lamounier é professor de ciências econômicas na UFMG. Outro integrante importante desde a sua primeira formação, é Geraldo Minelli, baixista e compositor da banda. Geraldo atualmente trabalha com o ramo de fiscalização sanitária, e é batizado na igreja Adventista do Sétimo Dia. Em todo o cenário do metal extremo mundial, o Sarcófago ocupa uma posição privilegiada, graças à sua trajetória de álbuns "fiéis" ao estilo que se propunha.

Última formação
Antichrist [Wagner Lamounier] — Vocal, Guitarra (1985-2000)
Incubus [Gerald Minelli] — Baixo, Vocal (1986-2000)

Ex-membros
Butcher [Zeber] — guitarra (1985-1987)
Fábio Jhasko — guitarra (1990-1993)
Pussy Fucker [Juninho] — baixo (1985-1986)
Leprous [Armando Sampaio] — bateria (1986)
D.D. Crazy [Eduardo] — bateria (1985-1987)
Joker [Manuel Henriques] — bateria (1988-1991)
Lucio Olliver — bateria (1991-1993)
Eugênio — teclado, bateria programada (1991-2000)





Vômito negro

Escolhido pra ser o ofensor de cristo
Mal, repugnante e mente sangrenta
Ele esteve adiante do inferno
Para atormentar o filho de deus

Lúcifer me designou pra esse serviço
Por que eu amo foder você
Comer sua mãe deliciosa
Blasfemeando sobre seu Trinity

Eu nasci do sêmen de satã
Na noite de lua cheia
Abençoado pelos padres do mal
Marcado com o sinal da cabra
Virei minhas costas a você
Meu destino é ser caído
Eu cuspo em sua cara
Sou o vomito negro do inferno

Enquanto sua mãe chora aos seus pés
Eu sorrio por sua desgraça
Sofrimento é a única coisa
Que eu desejo a você

Cristo você é um mentiroso
Satã é meu mestre
E comanda minha mente ao desastre total

Cristo vou foder
Todos os bastardos
Que acreditam em suas palavras de amor

Cristo eu te odeio
Com todas minhas forças
Vou mijar no seu cadáver e comer sua carne

Burzum



O Burzum é uma banda de black metal de Varg Vikernes (ou Count Grishnackh), no qual ele toca todos os instrumentos. Apenas no EP Aske de 1993 que Vikernes contou com a participação de Samoth - integrante da banda Emperor - no baixo. Em 1991 surgia a primeira demonstração do Burzum, e em 1992, um álbum auto-intitulado Burzum foi lançado pela gravadora Deathlike Silence de Euronymous (líder do Mayhem). O nome da banda, assim como o nome "Grishnackh", foram tirados do livro de aventura fantástica "O Senhor dos Anéis", de J.R.R. Tolkien. "Burzum" é uma das palavras que estão escritas em Língua Negra no Anel de Sauron, a última sentença é "ash nazg durbabatuluk agh burzum ishi krimpatul", que significa "um anel para atrair todos eles e uni-los através da escuridão". Burzum seria "escuridão"

Integrantes
Varg Vikernes (Vocal, Guitarra, Baixo, Teclado, Bateria)



Escuridão

Quando cai a noite
Ela encapota o mundo
Em escuridão empenetravel
Um frio sobe
da terra
E contamina o ar
De repente...
A vida tem um significado novo

12 de fev de 2011

Legião Urbana



Legião Urbana foi uma banda brasileira de rock surgida em Brasília ativa entre 1982 e 1996. Ao todo, lançaram treze álbuns, somando mais de 20 milhões de discos vendidos. Ainda hoje, é o terceiro maior grupo musical da gravadora EMI-Odeon em venda de discos por catálogo no mundo, com média de duzentas mil cópias por mês. O fim do grupo foi marcado pelo falecimento de seu líder e vocalista, Renato Russo, em 11 de outubro de 1996. A banda é uma das recordistas de vendas de discos no Brasil incluído premiações da ABPD com dois Discos de Diamante pelos álbuns Que País É Este de 1987 e Acústico MTV de 1999.

Última formação
Renato Russo (voz, baixo, violão e teclados)
Dado Villa-Lobos (guitarra, violões, e viola de, além de algumas percussões)
Marcelo Bonfá (bateria e percussão)

Integrantes de apoio
Carlos Trilha (teclado e piano)
Bruno Araújo - (baixo)
Tom Capone - (arranjos),etc.
Fred Nascimento (Violões)
Mú Carvalho (teclados)

Ex-integrantes
Renato Rocha (baixo)
Ico Ouro-Preto (guitarra)
Paulo Paulista (teclado)
Eduardo Paraná (guitarra)




Tempo Perdido

Todos os dias quando acordo
Não tenho mais
O tempo que passou
Mas tenho muito tempo
Temos todo o tempo do mundo...
Todos os dias
Antes de dormir
Lembro e esqueço
Como foi o dia
Sempre em frente
Não temos tempo a perder...
Nosso suor sagrado
É bem mais belo
Que esse sangue amargo
E tão sério
E Selvagem! Selvagem!
Selvagem!...
Veja o sol
Dessa manhã tão cinza
A tempestade que chega
É da cor dos teus olhos
Castanhos...
Então me abraça forte
E diz mais uma vez
Que já estamos
Distantes de tudo
Temos nosso próprio tempo
Temos nosso próprio tempo
Temos nosso próprio tempo...
Não tenho medo do escuro
Mas deixe as luzes
Acesas agora
O que foi escondido
É o que se escondeu
E o que foi prometido
Ninguém prometeu
Nem foi tempo perdido
Somos tão jovens...
Tão Jovens! Tão Jovens!...

Epica



Epica é uma banda holandesa de metal sinfônico, fundada por Mark Jansen (ex-guitarrista do After Forever) no final de 2002. Utiliza vocal soprano e gutural, e suas letras retratam o amor, o ódio, a agonia, a revolta, a cultura, as religiões e o sentido da vida.
No final de 2002, Mark Jansen saiu da banda After Forever, alegando divergências musicais com os demais integrantes, que desejavam um direcionamento mais pesado e menos sinfônico. Começou a procurar músicos para se integrarem ao seu novo projeto, inicialmente nomeado Sahara Dust. No começo, a banda contou com Helena Michaelsen (ex-integrante do Trail of Tears) como vocalista, mas logo depois ela abandonou o grupo e deu lugar a uma, até então, desconhecida mezzo-soprano, Simone Simons, na época namorada de Jansen. A banda estava completa com o guitarrista Ad Sluijter, o baterista Jeroen Simons, o baixista Yves Huts e o tecladista Coen Janssen.
Em 2003, ainda intitulada Sahara Dust, lançou a demo Cry for the Moon. No mesmo ano o nome da banda mudou para Epica, inspirado no álbum homônimo da banda Kamelot. Sobre o novo nome:
Epica é um lugar do universo onde nós podemos encontrar as respostas para as mais importantes perguntas sobre a vida. A maioria de nossas letras é parecida com o significado de Epica. E o Kamelot acabava de gravar seu álbum intitulado Epica. Nós adoramos o título. A maioria dos membros, incluindo eu, adora ouvir Kamelot. Então decidimos mudar o nome para Epica.

Membros atuais
Simone Simons - vocal (meio-contralto)
Mark Jansen - guitarra e vocal gutural
Yves Huts - baixo
Coen Janssen - teclado e piano
Isaac Delahaye - guitarra
Ariën van Weesenbeek - bateria

Membros antigos
Koen Herfst - bateria de apresentações ao vivo (2007)
Jeroen Simons - bateria nos álbuns The Phantom Agony e Consign to Oblivion
Ad Sluijter - guitarra elétrica e guitarra acústica (2002-2008)




Nunca Basta
Você não consegue me ouvir gritando uma vez mais?
(Vozes que você não pode ouvir)
Porque está consumido e infeliz
com sua avareza eterna.
Você não vê que estou prostrado?
(Suplicando e sangrando)
Você sorri enquanto devora a mão que sustenta,
Mas nunca irá ver?

Sempre observando o que os seus olhos não podem ver
(Precisando daquilo que seus braços não podem alcançar)
Pensando que você está necessitando
Sempre ouvindo o que seus ouvidos não podem ouvir
(Sentindo o que suas mãos não podem tocar)
Pensando que você era incompleto

Nunca bastou o que eu dei a você,
todo o horror que você me fez passar.
Agora, posso me decidir dessa vez?
É aqui que eu desenharei a linha

Sacrifiquei a minha vida para ficar contigo
(Por que você me deixou?)
Não tem mais nada em mim que você pode consumir
Pois você é incompleto

Sempre observando o que os seus olhos não podem ver
(Precisando daquilo que seus braços não podem alcançar)
Pensando que você está necessitando
Sempre ouvindo o que seus ouvidos não podem ouvir
(Sentindo o que suas mãos não podem tocar)
Pensando que você era incompleto

Nunca bastou o que eu dei a você,
todo o horror que você me fez passar.
Agora, posso me decidir dessa vez?
É aqui que eu desenharei a linha.

Necessidade incessante, você poderia, por favor
me responder e me completar?
Avareza interminável, você poderia, por favor, me libertar?
Preencha todas as minhas necessidades e me complete

Nunca bastou o que eu dei a você,
todo o horror que você me fez passar
Como posso me decidir dessa vez?
É aqui que eu desenharei a linha.
Nunca de novo eu estarei contigo
Sem promessas eternas nos carregando
Eu finalmente me decidi dessa vez
Este é o fim, eu desenhei a linha
Nunca basta para devorar sua avareza

Dimmu Borgir



Dimmu Borgir é uma das principais bandas de Symphonic Black Metal e Black metal melódico norueguês sendo conhecida pelos seus virtuosos arranjos de teclados, agressividade e qualidade.

Dimmu Borgir iniciou suas atividades em 1993 e foram formados por Shagrath, Silenoz e Tjodalv. A formação ficou completa quando Stian Aarstad assumiu os teclados e Brynjard Tristan no baixo.
No ano seguinte 1994, lançam Inn I Evighetens Mørke um EP tornando a banda conhecida por toda a Europa. No mesmo ano 1994, lançaram um segundo EP For All Tid e foi considerada uma das principais bandas de black metal norueguês.
Em 1996 lançaram o seu primeiro álbum de estúdio, Stormblåst. Nesse mesmo ano, a banda sofre uma mudança na sua formação saíndo Brynjard Tristan e entrando Nagash. É depois lançado o terceiro EP Devil's Path.
No ano seguinte lançaram Enthrone Darkness Triumphant sendo este álbum marcado por conter mais melodias, surgindo logo as críticas de a banda ter se vendido.
Ainda hoje, os mais puristas do black metal continuam a criticar a banda, apesar de esta manter sempre a agressividade.
N o ano seguinte lançaram o Godless Savage Garden que não teve repercussão mundialmente e não foi muito aceito pelos fãs. No ano seguinte, com o lançamento do Spiritual Black Dimensions, o Dimmu Borgir conseguiu atingir um boa aceitação dos fãs.
Mas a fama veio à tona mesmo em 2001 com o lançamento do Puritanical Euphoric Misanthropia, que para muitos é o melhor álbum da banda com grande aceitação do público. Com esse lançamento a sua música expandia para o mundo inteiro. Logo depois do lançamento saíram em turnê mundial vindo pela primeira vez ao Brasil. Ainda com esse lançamento lançaram dois álbuns ao vivo que são o Alive in Torment e o World Misanthropy e também saiu o primeiro DVD oficial da banda com cenas ao vivo no Wacken Open Air 2001 e com cenas de bastidores e dos lugares passados na turnê.
Dois anos depois lançaram o Death Cult Armageddon que também foi um marco na história da banda, levando ela a se expandir mais ainda, pois esse foi também um dos seus melhores álbuns lançados até hoje, ganhando o primeiro lugar das paradas norueguesas com apenas uma semana de lançamento.
Mais dois anos se passaram e desta vez lançaram uma regravação do seu segundo álbum. Este álbum teve uma boa aceitação do público, destaque para Sorgens Kammer Dell II. Também foi na turnê deste álbum que eles tocaram no Ozzfest e show pode ser visto em uma edição especial do proprio disco.
Depois de uma grande turnê mundial e maior conhecimento do público e agora disparado na frente com o Cradle Of Filth como o novo Black Metal resolvem lançar um álbum conceitual e vem ao mundo o In Sorte Diaboli, lançamento muito bom que levou a banda a uma nova turnê mundial já passada pelo Wacken Open Air do ano passado e a turnê que estende até hoje que se espera até o meio do ano que vem. Com o lançamento do novo DVD intitulado como The Invaluable Darkness com data marcado para 2 outubro, fãs esperam ansiosamente por esse lançamento que pretende mostrar cenas ao vivo da tunê The Invaluable Darkness Tour pelo mundial e o show gravado no Wacken Open Air 2007 e clipes.



O Desprezo do Sacrílego

Tenha eu não
estado tempo demais em suas sombras de invenção e criação?
Como eu legitimamente vejo a carne
o temor da mente ciente o revestirá completamente

Minha palavra e meu mundo possuem o solo e são reais
Seu mundo é como inundações de água envenenada
Uma linguagem falada com cuspe de diversas línguas

Isto tudo parece durar pra sempre
Esta batalha entre nós dois
"Bem e Mal"
Eu e você

Chegou a hora de ir mais além
E tomar de volta o que você tomou de mim

Minha palavra e meu mundo possuem o solo e são reais
Seu mundo é como inundações de água envenenada
Uma linguagem falada com cuspe de diversas línguas
Você não irá me corromper outra vez

Seu mundo é como inundações de água envenenada
Uma linguagem falada com cuspe de diversas línguas
Você não irá me corromper outra vez

Protejo cada homem culpado de pecado
O pecado final sendo meu
O vapor da praga
Infestou minha mente, corpo e espírito
Tornou negra minha visão de sabedoria
A névoa, que me fez perguntar a mim mesmo, admirado com certo ressentimento
Mas isso não me incomoda mais.

Immortal



O Immortal é uma banda de black metal de Bergen, Noruega. Atualmente, os membros mais importantes são Demonaz e Abbath; estes estão juntos na banda desde o início, sendo encarregados de escrever todas as músicas e letras. Não são irmãos, apesar de às vezes assinarem seus nomes como "Demonaz Doom Occulta" e "Abbath Doom Occulta".
Em 1988, esses dois adolescentes noruegueses, juntamente com Christian "Varg" Vikerness (também conhecido como Count Grishnackh, que algum tempo depois formaria o grupo de um homem só, o Burzum) e mais dois rapazes (Tyr e Alligator) formaram uma banda chamada Old Funeral. Esta banda fazia um thrash/death com pequenos indícios de black metal moderno. Sua primeira demo saiu em algum período de 1989 e se chamava "Abduction of Limbs". No Old Funeral, Abbath e Demonaz tinham as mesmas funções que desempenham no Immortal: Abbath tocava baixo e fazia os vocais e Demonaz cuidava das guitarras. A Old Funeral também lançou um EP intitulado "Devoured Carcass", lançada e gravada em 1990.
Enquanto tocavam na Old Funeral, Abbath e Demonaz também tocavam numa outra banda chamada Amputation. Os outros membros da Amputation eram Armagedda (bateria) e Jorn (guitarra). Em 1989 lançaram sua primeira demo, "Achieve the Mutilation", contendo, ao invés do black metal da Old Funeral, um death metal tosco. Outra demo foi lançada em 1990, mas esta permaneceu sem nome.

Atuais
Abbath (Olve Eikemo) - vocal, guitarra, teclado
Horgh (Reidar Horghagen) - bateria
Apollyon (Ole Jørgen Moe) - baixo

Músicos de sessão
Saroth (Yngve Liljebäck) - baixo
Jan Axel Von Blomberg - bateria
Erik "Grim" Brødreskift - bateria
Kolgrim - bateria
Jörn Inge Tonsberg - guitarra
Armagedda - bateria
Iscariah (Stian Smørholm) - baixo
Demonaz (Harald Nævdal) - guitarra




One By One (Tradução)
anos atrás lendas dizem a nós rode em diante.
Desviaram a norte pelo caos deuses.
Tranquilo antes de o sol que vieram do norte do país ..
Cavalos itinerância nas paisagens abertas.

O escaldão cantou a seus reis.
Só que ele ganha batalha.
O scals cantou a seus reis.
Deixe a batalha travada temos de ser ganha.

Tremer de medo com a bandeira dos nossos reis.
Guerra agora chamadas meditem para a batalha.
Ouça nossas espadas agarra no vento.
Homens expressos do seu rugido selins cavalos e gritar.
Descendentes de ira e os reinos de medo ..
O que poderia possuir queimar como fogo.
A manter-se-á nos nossos corações Norte ..
Mais couro a ser ganha - um olho por olho.

Aeons atrás lendas dizer a nós rode em diante.
Desviaram a norte pelo caos deuses.
Uma por uma tribo do norte-lhe a queda.
Um por um .. morrem por a mais forte de todos eles.
Ainda Theres só grandeza sunged para aqueles que caíram.
Que lutaram forte para vencer essas guerras ..
Um a um, tomámos a sua vida.

Grey névoa wirl em toda a prados ..
Sempre que uma vez as regras batalhas as etapas.
Quando o antigo armours de bronce ..
Estão enterrados e corroídos pelo tempo.
Forte onde aqueles que ganhou a guerra ..
E os lengends apenas dizer de ira.
Como irmãos de tribos do norte ..
Eles guardado as fronteiras do caos.
Não deixe essas Battlefields terreno ...
Vermelho onde os rios de sangue.
Unforgotten pela queridos ...
Nascido de força e de glória.

Massacration



Massacration é uma banda brasileira de trick metal (semelhante ao Spinal Tap) criada por integrantes do programa de humor da Rede Record intitulado Banana Mecânica, na época, chamado de Hermes e Renato.
O quadro de humor no qual a banda aparecia acabou tomando proporções enormes e criando uma legião de admiradores, o que levou a banda a fazer concertos de verdade. Fazendo paródias de bandas de heavy metal como Manowar, a banda lançou em 2005 seu primeiro CD, produzido pelo ex-VJ João Gordo.

Integrantes
Detonator (Bruno Sutter) - vocal
Blondie Hammet (Fausto Fanti) - guitarra solo e vocal de apoio
Metal Avenger (Marco Antônio Alves) - baixo e vocal de apoio
Headmaster (Adriano Pereira) - guitarra (apenas estúdio)
Jimmy "The Hammer" (Felipe Torres) - bateria (apenas estúdio)
Straupelator - bateria (ao vivo)

Participações especiais
El Covero (Igor Cavalera) - bateria
Falcão (Marcondes Falcão Maia) - vocal
Serginho Mallandro (Sérgio Neiva Cavalcanti) - vocal



Ai
Ai ai ai
Ai ai ai ai ai ai ai
Em cima, embaixo, puxa e vai
Ai ai ai
Ai ai ai ai ai ai ai
Em cima, embaixo, puxa e vaaaaaaaaaaaaaiii
If you want to be metal
There laws you got obey
The laws of gods of metal
And that's what i say
Woooowwwwwwww
If you want to be metal
No avacalhation
Use black forever
Go to the show of massacration
No! boiolation
Frescuration
Viadation
Die! reggae idiota!
Mambo escroto
Forró babacaaaaaaaaaaaaaa!
Metal is the law
The law is the metal
Metal the law is
Metal
Woooooooooooowwwwwwwwww
Now that you are metal
Metal you are
Never, never, never, never, never
Use bermudaaaaa
No! boiolation
Frescuration
Viadation
Die! música eletrônica de bicha!
Pop de viados
Dance, no!!!
Metal is the law
The law is the metal
Metal the law is
Metal
Ôôôôô ôôôô ôôôô ôôôô
Oooooohhhhh
Ai
Ai ai ai
Ai ai ai ai ai ai ai
Em cima, embaixo, puxa e vai
Ai ai ai
Ai ai ai ai ai ai ai
Em cima, embaixo, puxa e vaaaaaaaaaaaaaaiii
Ai
Ai ai ai
Ai ai ai ai ai ai ai
Ai
Ai ai ai
Ai ai ai ai ai ai ai
Metal.

11 de fev de 2011

Slipknot




Slipknot é uma banda de metal norte-americana formada em Des Moines, Iowa. É constituída por oito membros (originalmente nove), sendo eles actualmente Sid Wilson, Joey Jordison, Chris Fehn, James Root, Craig Jones, Shawn Crahan, Mick Thomson e Corey Taylor. O alinhamento da banda manteve-se inalterado desde 1999 até 2010. Cada membro usa uma máscara distinta.
A banda foi formada em 1995 e sofreram várias mudanças de alinhamento após o lançamento do disco independente Mate. Feed. Kill. Repeat. em 1996. O seu álbum homónimo de estreia foi lançado em 1999, tendo sido sucedido por Iowa em 2001 e Vol. 3(The Subliminal Verses) em 2004. A 25 de agosto de 2008, a banda lançou o seu quarto álbum de estúdio, All Hope Is Gone, que se estreou em 1º lugar na tabela norte-americana Billboard 200.
A banda lançou também quatro DVDs incluindo Disasterpieces em 2002, que foi certificado com quádrupla platina nos Estados Unidos. O seu DVD mais recente é o (sic)nesses que foi lançando nos cinemas americanos no dia 26/08/2010 mas indo para as lojas apenas no dia seguinte. Os integrantes da banda falam que esse DVD foi em homenagem ao Paul Gray, já que foi um dos seus últimos shows. O (sic)nesses foi gravado em 2009 no download festival e atingiu aproximadamente 80 mil espectadores.
Em 24 de maio de 2010, a banda perdeu seu baixista Paul Gray. Paul foi encontrado morto em um quarto de hotel por overdose de morfina. A banda pronunciou-se no dia 25 de maio, um dia após sua morte, estavam lá presentes todos os membros da banda, além de Brenna (a mulher de Paul) e Tony Gray, irmão de Paul.
O estilo da banda já foi descrito como heavy metal, nu metal,metal alternativo, thrash metal, crossover thrash, hardcore punk e rap metal.





Sociopata

Eu cumpri minha pena e quero sair
Destino tão abusivo - Isso não corta
A alma não é tão vibrante.
O acerto de contas - O adoecer.
Embrulhando subversão
Perversão pseudo-sacro santa
Vá semear seus desertos - vá cavar sua cova
Depois encha a sua boca com todo o dinheiro que irá salvar
Desmanchando - diminuindo de novo.
Eu terminei! E isso começou - Eu não sou o único!

Refrão:
E a chuva irá matar todos nós.
Nós nos jogamos contra o muro
Mas ninguém mais pode enxergar
A preservação do mártir em mim.

Sociopata!(x6)

Há buracos na estrada que projetamos
Mas aonde o templo caiu
Os segredos enlouqueceram
Isso não é novidade, mas quando nós matamos tudo
O ódio era tudo que tínhamos
Quem precisa de outra confusão?
Nós poderíamos começar tudo de novo
Basta olhar-me nos olhos e dizer que estou errado
Agora há apenas vazio
Insípido venenoso
Acho que estamos a fazer - Eu não sou o único!

Refrão

Sociopata(x6)

Os limites dos morto! (x4)

Falsas mentiras antifascistas
Eu tentei te avisar mas
Seus corações roxos estão desistindo
Não pode parar uma ideia assassina
Se é temporada de caça
É isso que você quer?
Eu não sou o único!

Refrão

Os limites dos mortos!